Você está aqui: Home Noticias GP Gaúcho Grandes pegas na pista para o publico vibrar com a motovelocidade 2017

Grandes pegas na pista para o publico vibrar com a motovelocidade 2017

A Abertura do SBK Gaucho de Motovelocidade teve dias perfeitos para acelerar na pista, com isto, o publico prestigiou a etapa que ocorreu em Guaporé nos dias 25 e 26 de março.

O que anima o promotor da modalidade, presidente da AGEM (Associação Gaucha de Esportes  Motociclisticos), Leandro Rad, “é ver novas gerações de pilotos evoluindo a cada ano, muitos filhos de pilotos e também, o sucesso da Copa R3/Yamaha, um projeto que deu muito certo para possibilitar o acesso de pilotos à competição” comentou.

Categoria Suoer Street e Track Day 250-320cc

Foram 13 voltas de emoção da primeira até a bandeirada final.

O pole position Guilherme Marcucci (#22 Motosytle) largou bem a andou uns 80 metros quando a moto apresentou problemas Marlinton Kalunga (#17 Kalunga) assume a primeira posilção  seguido por Guilherme Soares (# 91 Consultábil) e Alexandre Penélope (# 33 Penelope Pilotagem) em terceiro já brigando com Djonatas “Catarina” (#18 Posto Frank /Rodrigo M).

Guilherme Soares e Kalunga disputam a liderança e na terceira volta Kalunga ainda mantém a liderança da prova. Catarina assume a terceira e Cristian Dahm (#20 Xis ISA/Mix Marteli) a quarta colocação.   Gui segue no encalço de Kalunga e assume a primeira colocação na quarto volta.  Na saída do radiado, Kalunga retoma a primeira colocação. Já na sexta volta Gui reconquista a liderança e em, seguida, na curva 1, Kalunga coloca lado a lado  de Gui. Repetindo a vota anterior Kalunga assume a liderança no radiador. Cristian Dahn se aproxima do terceiro , Catarina.

Na sétima volta, Kalunga ganha um respiro de tempo mas Gui não desiste ultrapassando  novamente Kalunga. Cristian e Catarina revezam a terceira posição.

Há quatros voltas do final Gui mantém a liderança e Kalunga não desgruda.  Kalunga sai do radiador em primeiro e Catarina pressiona Cristian que está na terceira.  Jonas Ceron ( # 512 Rad Racing School) assume a quinta colocação. 

Na penúltima volta Kalunga assume a liderança e Gui retoma a posição para a bandeirada final.

“ Andei no meu limite, fiz o melhor que podia, consegui estudar a pilotagem do Kalunga para atingir a vitória”  comentou . Seu pai, Lisandro Soares, já bi campeão gaucho de 600cc stock, muito emocionado, enfalitzou: “ Os méritos são do piloto, porém, a organização do campeonato auxilia os pilotos para conquistarem uma corrida sem qualquer risco ou qualquer eventual problema causado na pista e isto me tranquiliza muito”, finaliza.

Na categoria máster Penélope ficou com a vitoria, seguido por Luciano Graneto (#70 Penélope Racing) e terceiro Renato “Pipoca” Leite (#41 Ligasul/Rl transportes).

Categoria Track Day 250-300cc Fernando Mello vence

Segundo o vitorioso da categoria, “muito emocionante, minha primeira corrida disputando o campeonato, sempre andei como convidado. Foi desgastante sabendo que meus oponentes estavam junto e com raça conquistei a primeira” comentou o piloto de numeral  12 da Equipe D & D Team.

Super Sport 600cc dá piloto argentino

O pole Sebastian Salom (# 77 Team Spolier/Loterias Chaquenha/Secretaria Del Desporto Chaquenha) de Resistência, Argentina, não largou bem e caiu para a terceira posição. Wagner Fochezatto (#48 Focar Veículos) assume a primeira posição,  em segundo Jeferson Castilhos (#82 Paulivel veículos). Na primeira volta Wag passa em primeiro e os quatro primeiros andam juntos.  Já na segunda volta, Salom assume a segunda posição e Wag mantém a liderança atéa terceira volta quando Uilian  Baldasso (# 88 Jadlog/Metadados) faz uma linda ultrapassagem e ultrapassa Castilhos e assume a terceira posição na curva 1.

Baldasso assume a primeira na reta na volta seguinte, Salom em segundo e Wagner Fochezato abandona a prova com q quebra do sub chassi de sua moto Kawa 6.  Baldasso ainda lidera mais uma volta, Leandro Rad (# 3 Rad Racing School) assume a quarta posição.

Há 8 voltas do final Baldasso mantém a posição de primeiro e Salom começa a se aproxima, e por fora, o argentino ultrapassa e assume a liderança há 6 voltas do final, ultrapssagem no S retardando a freiada.  Depois, Salom seguiu livre até o final da prova chegando a vitória.

“Fiz uma largada ruim e busquei a recuperação no decorrer da corrida e consegui a vitória. Agradeço a minha Equipe Team Spolier”  falou Seba.

O piloto Pedro Sampaio (#28 Canello Moto Peças/Anker/Garage das Motos) fez o segundo tempo nos treinos de sábado,  mas não largou devido a problemas com o motor da moto.

Na máster Leandro Rad (#3) ficou em primeiro, Paulo Biasoli (#177 Therm Tecn/PB) em segundo e Lisandro Soares (#91 Consultábil) em terceiro.

A serpente de pilotos da 125cc continua   

Parece uma serpente a tocada das motos de 125cc, 4 tempos, nas baterias da motovelocidade. Com limitação de CVs, combustível idênticos e outras normas regulamentares, a igualdade entre as motos é percebida também,, pela troca de posições a cada volta e a serpente vai “ trocando a pele” no decorrer da bateria,

O Pole position Mateus Sgarbi (# 22 Midas) largou bem e manteve a primeira posição, Renato Leite (# 41 Liga Sul Alumínios/RL transportes) segundo no grid cai pra quarto , em seguida Márcio Alves (# 30 Garage das Motos) assume a primeira colocação com Sgarbi em segundo e Renato Leite já pula para terceiro.  Já na segunda volta, no mergulho da curva 1, Sgarbi reasume a liderança, A moto 72 do piloto  Kauan Teixeira entra no Box . Ainda na sequência da volta, no “radiador” Fabiano Pinheiro (# 44 Fábio Motos/Da Rosa Moto Peças) ultrapassa Sgarbi e Márcio Alves cai pra terceiro. 

A tal serpente tem oito motos em fila indiana e as posições são alteradas a cada curva.  Mateus Sgarbi assume novamente a liderança e agora as cinco primeiras motos estão juntas com revezamento de posições entre primeiro e segundo e vice versa entre Sgarbi e Fabiano e pra terceira colocação entre Renato Leite, Willians Ferreira (# 33 Da Rosa Moto Peças) e Márcio Alves.   A briga pelas demais posições fica entre Eduardo Reis (# 17 Kalunga Motos/Liko). Alexandre Coimbra (# 300 Superbike Estética para motos) e Ricardo Aquino (#79 Racteck Security/Nova Suzuki).

Há cinco voltas do final, Mateus Sgarbi, Luciano, Renato Leite e Márcio estão no primeiro pelotão e os três últimos brigam pela terceira posição.  Os dois primeiros se distanciam dos demais há quatro voltas do final da bateria deixando para Sgarbi e Luciano a decisão para a vitória. Márcio Alves assume a terceira posição neste momento da corrida , mas não resiste muito as investidas de William e Leite.

Nas duas voltas finais, Fabiano assume a liderança no túnel e Sgarbi já retoma no S chegando na última volta na frente.  William assume a terceira, Leite em quarto e Marcio Alves em quinto.

O piloto Mateus Sgarbi da cidade de Bento Gonçalves comentou: “estou satisfeito com resultado e neste ano quero buscar o campeonato que em 2016 quase conquistei, estou me dedicando pra isto” enfatizou o piloto da moto vermelha numeral 22.

Pilotos estreantes e corrida de experientes

A categoria track Day 600 a 1300 cc é destinada para pilotos estreantes no campeonato, mas pra quem assistiu a bateria a impressão não foi esta. Foi uma bateria de tirar o fôlego, com tempos ótimos e disputas acirradas  

O pole position , Adriano Kersting (# 48 Auto Elétrica Silva) largou muito bem e depois do mergulho na curva um, as  posições foram definidas com o Rodrigo Augusto Carrar (# 51 AL Equipamentos)  que havia largado em quarto e Màrcio Meneghetti (# 19 ) assumindo a terceira  posição Carlos Renato “Asinha” (# 93 Spacebikes/One X) em quarto pressionando o terceiro.

Na curva 2, Asinha tanto pressiona que leva a terceira posição no túnel.

Já a seis voltas do final, Adriano continua liderando e bandeira amarela na curva 1 devido a uma queda, sem gravidade e necessidade de paralisação da prova e duas voltas depois Adriano ainda em primeiro, seguido por Rodrigo, Daniel e Asinha.

Daí  Rodrigo Augusto resolveu se aproximar mais do líder Adriano , dando pressão no líder e Daniel firme e tranqüilo na terceira posição .

Quando falta uma volta muita coisa sempre acontece e foi o que se sucedeu. Rodrigo assumiu a liderança na curva 1 e Adriano tentou retomar a posição no S, Rodrigo não cede  e vence a bateria.

Pódio da track Day  1000-1300 cc

Rodrigo Augusto, Adriano Kersting, Daniel Macedo, Carlos Renato Nunes “Asinha” e quinto Márcio Meneghetti. A volta mais rápida foi de Daniel Macedo com 1.13.33.

Pódio da track Day 600cc

Wilian Pedersini (#23) ,  Henrique Fernandez Cardoso (#76) da Galera da pista e Eder Meira (#51) da Guaíba Racing.

Copa R3 /Yamaha com fortes emoções

O Pole position Rafael  “Mindo” Portaluppi (#49 Rodoluppi), largou bem mesmo assim  Marlinton “Kalunga” (# 17 Kalunga Motos) no mergulho assume a primeira colocação e em seguida, quem assume é Hebert Pereira (#21 Rad & Charrua). No grid em terceiro, o piloto Guilherme Soares (# 91 Consultábil) não largou bem e caiu para quinto lugar.

No final da primeira volta Hebert , Mindo e Kalunga estavam , respectivamente, nestas posições na pista.

Kalunga assumiu a primeira, Mindo a segunda e Hebert caiu para a terceira posição e Guilherme já estava em quarto e chegando em Hebert e não tardou o “Gui” fazer uma linda ultrapassagem e obter duas posições ficando com a segunda colocação deixando Mindo e Hebert pra trás. 

Nesta ordem de colocações os quatro seguiam brigando por posições, curva  a curva. Daí Hebert assume a terceira posição, Gui erra o traçado e por pouco não perde a segunda há 7 voltas do final da bateria. Neste momento a disputa pela quinta colocação está acontecendo entre Cristian Dahn (# 20 Xis da ISA/Mix Marteli) , Márcio Dalzoto (# 44 Gallina Moto Peças) e Alexandre “Penélope” (# 33 Penpelope Pilotagem).

Kalunga começa a abrir vantagem sobre Gui e Hebert assume a terceria posição há cinco voltas do encerramento da corrida e vai pra cima de Gui assumindo a segunda colocação. Gui tenta reagir há 4 voltas do final e Hebert se aproxima de Kalunga.  Neste momento, Gui erra o traçado e vai pra fora da pista saindo da disputa dos primeiros lugares, mas ao desistindo, retornando e conquistando preciosos pontos no campeonato.

Na ultima volta, Hebert passa Kalunga e depois da curva da vitoria eles vem lado a lado com Kalunga levando a melhor e ficando com a primeira posição na passagem da linha de chegada.

O segundo tempo do grid de largado, Guilherme “Sapo”, não largou com problemas mecânicos apresentados na largada da categoria street.

Pódio categoria R3 Pró

Marlinton “Kalunga”, Hebert Pereira, Rafael “Mindo” Portaluppi, Márcio Dalzoto e Cristian Dahn.

Pódio categoria R3 Ligth

Lucinao Graneto Vieira (# 70 Penélope Racing), Basílio Vivan (#99 Genialflex Moveis/Vivatto), Michel Suhnel (#79 Senior), Adonias da Rosa (#512 Rad Racing School) e Roberto Cavalett (#5 Sanches Motosport).     

As poderosas Super Bike finalizam o dia de competições em Guaporé

Tem um ditado que diz que o melhor sabor está na úlltima mordida, ou algo semelhante, mas para o SBK Gaucho vale esta afirmação, pois não tem como ouvir os motores fortes das 1000cc e as habilidades dos pilotos, curva a curva, e sentir esta emoção, ou sabor numa metáfora adequada aos que são apaixonados pelas duas rodas e, claro, velocidade.

O segundo colocado no grid Anselmo Perini (# 23 Morangos ANS Perini) largou muito bem deixando o pole Robson Portaluppi (# 46 Rodoluppi) para trás. Charles Paim (# 78  Casa dos Parabrisas) em terceiro (surpreendente a largada do Charles Paim, recém chegado na super bike ligth).

N segunda volta, Portaluppi assume a liderança no final da reta e apesar das investidas de Perini, Portaluppi não facilita com tempos de 1.10 alto e  Perini 1.11 baixo. Já na volta quatro Robson se distancia de Perini e Charles se mantém na terceira posição.  Na quarta, quinta e demais posições  a  negociação está embolada com Luciano  “Fantasma” (# 73 Redbull/BMW/Rad Racing School), o experiente Rogério Gentil (# 31 Possoli Iveco) , Éderson Capelin (# 79 Capelin), Juliano Mognol (#33 Sementes Mognol) e Célio Campagnolo (#613 Papa Racing Team). 

Há seis voltas do final da bateria, a configuração do terceiro em diante é totalmente outra com Capelin em terceiro, Fantasma em quarto e Munhoz em quinto. Nesta altura da prova, Charles Paim que ficou muito tempo em terceiro já estava com a sexta colocação.

Na liderança Portaluppi gira forte e Perini pára por causa de pneu furado. Neste momento, o caminho ficou para Capelin , segundo na geral e primeiro na ligth.  Fantasma chegou em terceiro na geral.

Portaluppi comentou que foi um final de semana pra conhecer melhor como os pneus Metzler se comportavam e depois de buscar o melhor aproveitamento na pista estava seguro para acelerar.

O vencedor da SB iigth , Éderson Capelin, “larguei razoavelmente bem, mas o Rogério que tem mais experiencia e largou na minha frente e mesmo fazendo as voltas mais lentas, tive dificuldades em ultrapassar ele Rogerinho. Depois ficamos trocando de posições e pela sétima volta , tive que decidir em ir buscar uma melhor posição e  na entrada do túnel, passei o Rogério e o Munhol.   Abri e depois o  Fantasma chegou junto. Virei tempos maiores que os treinos porque fiquei embolado e eu queria muito estar próximo ao Perini e ao Portaluppi para ter um ritmo de corrida melhor. Mas foi ótimo este resultado” finaliza Capelin.

Resultados da Super Bike Pró

Robson Portaluppi, Luciano Anacleto “Fantasma”, Rogério Gentil Fernandes, Mariano Spolier, Anselmo Perini.   

Resultado da Super Bike Ligth

Éderson Capelin, Juliano Mognol, Charles Paim Correa, Célio Compagnolo e Marlon Verdi.

 

O SBK Gaucho tem o patrocínio da Yamaha/Metzeler/Motul apoio da Rad Racing School/One X e Mupo .

Supervisão da Federação Gaucha de Motociclismo e organização da AGEM.

A Próxima etapa está marcada para o Autódromo de Tarumã no dia 21 de maio.

Lorena Herte de Moraes

Conrerp 1321 RS/SC

Credito fotos: Chacal e Angeli  http://www.gpgaucho.com.br/index.php/fotos/sbk-gaucho-26-03-17

Resultados da etapa:

Domingo 26/03/2017 260317_SBK_GAUCHO_MOTOVELOCIDADE_2017_GUAPORE_CORRIDA.pdf

Sábado 25/03/2017 250317_SBK_GAUCHO_MOTOVELOCIDADE_2017_GUAPORE_COMPLETO.pdf

Fotos para a divulgação: etapa0117.zip

Galeria de Fotos para divulgação:

Você está aqui: Home Noticias GP Gaúcho Grandes pegas na pista para o publico vibrar com a motovelocidade 2017